Central Manipulados
Model: Central Manipulados
Product ID: 2075
Product SKU: 2075
New In stock />
Coenzima Q10 (Ubiquinona) 150mg - 30 cápsulas - Antioxidante Potente, Neuroprotetor

Coenzima Q10 (Ubiquinona) 150mg - 30 cápsulas - Antioxidante Potente, Neuroprotetor

Marca: Central Manipulados
Modelo: Central Manipulados
Disponibilidade: Disponível em 5 dias úteis
Referência: CM0133
aguarde, carregando preço...
 
Simulador de Frete
- Calcular frete

Coenzima Q10 - 150mg 30 cápsulas

 

Composição:

Coenzima Q10...150 mg

Excipientes...qsp

A Coenzima Q10 pode ser obtida da dieta ou de suplementos alimentares, mas é também produzida endogenamente. Carne, aves e peixes são as fontes mais concentradas de CoQ10, e a ingestão diária desses alimentos fornece entre 2 a 20 mg, o qual não eleva significativamente os níveis de CoQ10 no sangue e nos tecidos. Pequenas quantidades são encontradas em cereais, soja, nozes e vegetais, particularmente espinafre e brócolis.

Propriedades

 • Antioxidante potente

• Melhora a qualidade de vida na melhor idade

• Coadjuvante em mitocondriopatias

• Melhora o índice glicêmico

• Neuroprotetor

• Reduz o risco de lesão muscular em atletas

Mecanismo de ação

Parte da CoQ é sintetizada a partir da TIROSINA, enquanto outra parte é sintetizada a partir de ACETIL-CoA pela via do mevalonato, mesma via utilizada nos primeiros passos da biossíntese do colesterol.

A absorção da CoQ10 proveniente da dieta (ou suplementos) ocorre no intestino delgado e é influenciada pela presença de alimentos e bebidas.

É mais bem absorvida na presença de alimentos ricos em lipídeos. Depois de absorvida, a CoQ10 é transportada ao fígado onde é incorporada dentro de lipoproteínas e concentrada nos tecidos. A concentração de CoQ10 nos tecidos humanos atinge seu pico aos 20 anos, diminuindo com a idade, o que aumenta a necessidade de sua suplementação, já que a falta de CoQ10 pode causar danos no cérebro, em outros órgãos e mitocôndrias no organismo (LINNANE, 1998; BLIZNAKOV, 1999).

Um estudo realizado Palan (2010) demonstrou a redução dos níveis séricos de CoQ10 em usuárias de contraceptivos orais, além da redução de α-tocoferol, ɤ-tocoferol e da capacidade antioxidante total se tornar significativamente mais baixas em todos os casos.

Posologia

Suplementação diária: É recomendado o uso de 100mg a 300mg diários.

Suplementação esportiva: A CoQ10 é indicada nas doses que variam de 150mg a 300mg ao dia, devendo ser administrada 30 minutos antes da atividade física e à noite, antes de dormir.

Indicações

Por sua capacidade de transferir elétrons e, portanto, trabalhar como um antioxidante, a Coenzima Q10 tem sido indicada para tratamento de distúrbios associadas ao estresse oxidativo, como os cardíacos e neurológicos; fibromialgia, infertilidade masculina e melhora da qualidade do sêmen; regeneração muscular e reduz o risco de lesão muscular em atletas.

 

Contraindicações

Está contraindicada em pacientes renais graves e pode apresentar reações adversas como palpitação, sudorese, insônia, distúrbios gastrintestinais, entre outros.

 

Interações medicamentosas

Parte da CoQ é sintetizada a partir da TIROSINA, enquanto outra parte é sintetizada a partir de Acetil-CoA pela via do mevalonato, mesma via utilizada nos primeiros passos da biossíntese do colesterol. Por apresentar uma parte de sua síntese em comum com essa molécula, alguns medicamentos para a diminuição da pressão e dos níveis de colesterol sanguíneo são responsáveis pela inibição da produção e absorção de Coenzima Q10.

*Não se trata de propaganda, e sim de descrição do produto, consulte sempre um especialista.

**Venda Sob prescrição de profissional habilitado, podendo este ser o nosso farmacêutico de acordo com a resolução 586/2013 do conselho de farmácia. Consulte-o. Todo produto deste site possui dosagens dentro dos padrões usuais / Venda sob prescrição médica.

1. Nunca compre medicamento sem orientação de um profissional habilitado.

2. Imagens meramente ilustrativas.

3. Pessoas com hipersensibilidade à substância não devem ingerir o produto.

4. Em caso de hipersensibilidade ao produto, recomenda-se descontinuar o uso e consultar o médico.

5. Não use o medicamento com o prazo de validade vencido. Qualquer dúvida entre em contato conosco.

6. Manter em temperatura ambiente (15 a 30ºC). Proteger da luz, do calor e da umidade. Nestas condições, o produto se manterá próprio para o consumo, respeitando o prazo de validade indicado na embalagem.

7. Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

8. Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica.

9. Siga corretamente o modo de usar. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação médica.

10. O uso do medicamento durante o período de amamentação também não é recomendado.

11. "SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO".

VALIDADE: 12 meses após a data de fabricação.

Referências bibliográficas

Aberg,F.et al. Archives of Biochemistry and Biophysics. 1992; 295:230-234.

Berbel-Garcia A, et.al. Coenzyme Q10 improves lactic acidosis, strokelike episodes, and epilepsy in a patient with MELAS. Clinical Neuropharmacology. 2004; 27:187-191.

Bliznakov E. Aging, mitochondria, and coenzyme Q10: The neglected relationship. Biochimie, 1999; 81:1131-1132.

Burke BE, Neuenschwander R, Olson RD. Randomized, double-blind, placebo-controlled trial of coenzyme Q10 in isolated systolic hypertension. South Med J. 2001; 94:1112-1117.

http://huntingtonstudygroup.org/about-clinical-trials/ - último acesso em 16/05/2017.

Linnane AW, Kovalenko S, Gingold EB. The university of bioenergetics disease: age associated cellular bioenergetics degradation and amelioration therapy. Ann NY Acad Sci, 1998; 854:202-213.

Littarru GP. Energy and defense. Facts and perspectives on Coenzyme Q10 in biology and medicine. Casa Editrice Scientifica Internazionale. 1994; 1-91.

Lodi R. Treatment with coenzyme Q10 plus vitamin E improves in vivo cardiac and skeletal muscle bioenergetics in patients with Friedrich´s ataxia. Departament of Biochemistry, Universyti of Oxford, UK. 2000.

Okamoto T. et al. Interna.J.Vit.Nutr.Res. 1989; 59:288-292.

Palan PR, Strubde F, Letko J, Sadikovic A Mikhail MS. Effects of oral, vaginal and transdermal hormonal contraception on serum levels of Coenzyme Q10, Vitamin E, and total antioxidant activity. Obstetrics and Gynecology International, 2010.

Palan PR, Strube F, Letko J, Sadikovic A, Mikhail MS. Effects of Oral, Vaginal, and Transdermal hormonal contraception on Serum levels of Coenzyme Q10, vitamin E, and total antioxidant activity. Obstetrics and Gynecology International, 2010.

Schults CW, Oakes D, Kieburtz K, Beal F, Haas R, Plumb S, Juncos JL, Nutt J, et.al. Effects of coenzyme Q10 in early Parkinson disease: evidence of slowing of the functional decline.

Shindo Y, Witt E, Han D, Epstein W, and Packer L. Enzymic and nonenzymic antioxidants in epidermis and dermis of human skin, Invest. Dermatol. 1994; 102:122-124.

Singh RB, Niaz MA, Rastogi SS, et al. Effect of hydrosoluble coenzyme Q10 on blood pressures and insulin resistance in hypertensive patients with coronary artery disease. J Hum Hypertens. 1999; 13:203-208.

Singh RB, Wander GS, Rastogi A, et al. Randomized double-blind placebo controlled trial of coenzyme Q10 in patients with acute myocardial infarction. Cardiovasc Drugs Ther. 1998; 12:347-353.

Sohal RS, Forster MJ. Coenzyme Q, oxidative stress and aging. Mitochondrion. 2007 Suppl: S103-11 Epub 2007 Mar 30.

Storck A, Jost WH, Vieregge P, Spiegel J, Greulich W, Durner J, Muller T, Kupsch A, Henningsen H, Oertel WH, Fuchs G, Kuhn W, Niklowitz P, Koch R, Herting B, Reichmann H, German. Coenzyme Q(10) study group. Randomized, double-blind, placebo-controlled trial on symptomatic effects of coenzyme Q10 in Parkison disease. Arch Neurol. 2007; 64(7): 938-44.

The NINDS NET-PD Investigators. A randomized clinical trial of coenzyme Q10 and GPI-1485 in early Parkinson desease. Neurolology. 2007; 68(1): 20-8.

Zheng A, Moritani T. Influence of CoQ10 on autonomic nervous activity and energy metabolism during exercise in healthy subjects. J Nutr Sci Vitaminol. 2008, 54(4): 286-90.

https://www.iberoquimica.com.br/Arquivos/Insumo/arquivo-104651.pdf

 

 

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características


Produtos Visitados

CNPJ: 00.934.025/0001-62

Endereço: Rua Doutor Felipe Vita, 1228 - Centro - Itaporanga - SP

Telefone: (15) 3565-1365

Farmacêutico Técnico Responsável: Igor Vinicius Furtado - CRFSP 93065

Autorização de Funcionamento de Empresa(AFE) - 7.14.08

Licença Sanitária - 352280201-477-000025-1-8

^
subir