Central Manipulados
Model: Central Manipulados
Product ID: 1479
Product SKU: 1479
New In stock />
Vitamina K2 MK7 100 mcg + Vitamina D3 10.000 UI - 120 cápsulas - Saúde Óssea e Muscular

Vitamina K2 MK7 100 mcg + Vitamina D3 10.000 UI - 120 cápsulas - Saúde Óssea e Muscular

Marca: Central Manipulados
Modelo: Central Manipulados
Disponibilidade: Disponível em 5 dias úteis
Referência: CM0607
aguarde, carregando preço...
 
Simulador de Frete
- Calcular frete

Vitamina K2 100 mcg + Vitamina D3  - Saúde Óssea - 10.000 UI 120 cápsulas

 

Composição

Vitamina K2...100 mcg

Vitamina D3...10.000 UI

Excipientes...qsp

Vitamina K2 (MK-7)

Equilíbrio de cálcio para os ossos

A vitamina K é lipossolúvel, principalmente, na coagulação sanguínea. Apresenta-se sob as formas de filoquinona (K1 -predominante), dihidrofiloquinona (dK), menaquinona (K2) e menadiona (K3). Os fatores que interferem em sua absorção são: má absorção gastrintestinal, secreção biliar, ingestão insuficiente e uso de anticoagulantes, entre outros. As principais fontes de vitamina K são os vegetais e óleos, sendo esses os responsáveis pelo aumento da absorção da filoquinona. Os alimentos folhosos de cor verde escuro, os preparados à base de óleo, oleaginosas e frutas como o kiwi, abacate, uva, ameixa e figo contêm teores significantes de vitamina K, enquanto que os cereais, grãos, pães e laticínios possuem teores discretos (KLACK, et al., 2006).

A vitamina K2 é uma subclasse da vitamina K. Dentro de vitamina K2, existem diferentes variantes, sendo que a Vitamina K2 - MK-7, na forma de menaquinona, é a única que tem sido considerada biodisponível, e tem uma meiavida longa na corrente sanguínea após a ingestão oral, proporcionando assim todos os benefícios relacionados a esta vitamina, como melhorar a saúde cardiovascular, aumentando simultaneamente a densidade mineral óssea. Através do envelhecimento, desnutrição ou doenças, há uma deficiência na produção de Vitamina K2 no organismo. Como um dos principais resultados dessa deficiência, o cálcio não é incorporado corretamente aos ossos, tornandos fracos e quebradiços, enquanto há um acumulo nas artérias. Esse cálcio acumulado endurece e bloqueia as artérias. Atualmente a deficiência desta vitamina está se tornando um problema importante, pois está associada a diversos problemas de saúde como osteoporose, fraturas ósseas frequentes, e riscos cardiovasculares. Assim, é muito importante a suplementação da dieta com uma quantidade apropriada de Vitamina K2 - MK-7, para se obter ossos e artérias saudáveis.

Uma ingestão adequada de vitamina K2 influencia positivamente o sistema cardiovascular. A vitamina K2 ativa Matrix Gla Protein (MGP), inibindo a deposição de cálcio na parede dos vasos. O cálcio é removido num sistema coordenado desativado: fatores solúveis, células e tecidos, mantendo as artérias saudáveis e flexíveis. No entanto, a deficiência de vitamina K resulta em baixa carboxilação – ou ativação inadequada – e prejudica a função normal deste processo de remoção. Assim, a deficiência de vitamina K2 indica um maior risco de calcificação arterial.

Propriedades

• Saúde óssea

• Fortalecimentos dos ossos

• Preventivo de fraturas ósseas

• Coadjuvante e preventivo para o tratamento de osteoporose

• Benefícios vasculares

• Regulação dos níveis de cálcio nos ossos e nas artérias

Funções da Vitamina K

A vitamina K atua como cofator para a carboxilação de resíduos específicos de ácido glutâmico para formar o ácido gama carboxiglutâmico (Gla), aminoácido presente nos fatores de coagulação (fatores II, VII, IX e X) e que se apresenta ligado ao cálcio, podendo, ainda, regular a disposição do elemento cálcio na matriz óssea como parte da osteocalcina. A osteocalcina (proteína do osso) é uma das mais frequentes proteínas não colagenosas na matriz extracelular do osso. Sua dosagem no sangue constitui importante marcador biológico da atividade osteoblástica. Há evidências de que a vitamina K seja importante no desenvolvimento precoce do esqueleto e na manutenção do osso maduro sadio. Quanto à coagulação sanguínea, ocorre a transformação do fibrinogênio em fibrina insolúvel com a interferência de uma enzima proteolítica (trombina), que se origina da protrombina (fator II), através de fatores dependentes da vitamina K: a pró-convertina (fator VII), o fator anti-hemofílico B (fator IX) e o fator Stuart (fator X). A vitamina K influi, ainda, na síntese de proteínas presentes no plasma, rins e talvez outros tecidos (DUTRA-DE-OLIVEIRA, 1998; DORES, 2001; SHEARER, 1995). A carboxilação da vitamina K está envolvida, portanto, na homeostase, metabolismo ósseo e crescimento celular. Estudos prévios mostraram efeitos inibitórios do crescimento de várias células neoplásicas (mieloma – human myeloma cell lines e non-myelomatous cell lines), provocados pela vitamina K2 e redução do risco de eventos mutagênicos na fase de proliferação celular rápida em fetos e recém-nascidos pré-termos. Alguns estudos apontam a hipovitaminose K como responsável pela hemorragia retro placentária de abortamentos habituais.

Dados de segurança

Nas doses recomendadas, vitamina K tem poucos efeitos colaterais. Deve haver precaução e respaldo médico em gestantes e lactantes, já que a Vitamina K2 - MK-7 atravessa a placenta e também é encontrada no leite materno. Não é recomendado o uso concomitante com varfarina ou outros anticoagulantes.

Indicações e aplicações

• Saúde óssea

• Fortalecimentos dos ossos

• Preventivo de fraturas ósseas

• Coadjuvante e preventivo para o tratamento de osteoporose

• Benefícios vasculares

• Regulação dos níveis de cálcio nos ossos e nas artérias

Interações medicamentosas

As drogas antivitamina K (AVK), cumarínicas ou anticoagulantes orais, como por exemplo a mais comumente usada varfarina (composto 4-hidroxicumarina), são administradas, às vezes, por mais de 60 anos (TONDATO, 2004), como profiláticas e para tratamento de fenômenos tromboembólicos, inibindo a enzima hepática vitamina K epóxiredutase, os fatores II, VII, IX e X e proteínas C e S (KLACK et al., 2006).

VITAMINA D3

O Colecalciferol (Vitamina D3) é produzida a partir de 7-dehidrocolesterol um esteróis presente na pele de mamíferos, por irradiação ultravioleta. Também inclui monografi as para concentrados na forma oleosa, em pó, água e uma forma dispersa. Inclui também uma solução.

INDICAÇÕES: É usada no tratamento e prevenção de deficiência de vitamina D em casos de hipocalcemia. A vitamina D age sobre os ossos, rins e intestino regulando o metabolismo do cálcio.

USO DA VITAMINA D: Recentemente tem sido proposto a sua utilização em cremes ou pomadas para uso externo, nas psoríases por sua capacidade de regular o crescimento e diferenciação dos queratinócitos (cremes com 600UI de Vitamina D).

REAÇÕES ADVERSAS: superdosagem contribuem para o desenvolvimento da hiperfosfatemia ou hipercalcemia.Anorexia,náuseas,vômitos,diarréia, sudorese ,cefaléia, sede, sonolência e vertigem também são sintomas de superdosagem.

PRECAUÇÕES: Ela deve ser usada com precaução em crianças, que podem ter sensibilidade aumentada para os seus efeitos, bem como pacientes com insufi ciência renal, cálculos, ou doença cardíaca.

INTERAÇÕES: Há um aumento de risco de hipercalcemia se a vitamina D for administrada com diuréticos tiazídicos, cálcio ou fosfato. Concentrações plasmáticas de cálcio devem ser monitoradas em tais situações.

CONTRA-INDICAÇÕES: A Vitamina D não deve ser administrada a doentes com hipercalcemia.

Posologia: Tomar 1 cápsula ao dia.

*Não se trata de propaganda, e sim de descrição do produto, consulte sempre um especialista.

**Venda Sob prescrição de profissional habilitado, podendo este ser o nosso farmacêutico de acordo com a resolução 586/2013 do conselho de farmácia. Consulte-o. Todo produto deste site possui dosagens dentro dos padrões usuais / Venda sob prescrição médica.

1. Nunca compre medicamento sem orientação de um profissional habilitado.

2. Imagens meramente ilustrativas.

3. Pessoas com hipersensibilidade à substância não devem ingerir o produto.

4. Em caso de hipersensibilidade ao produto, recomenda-se descontinuar o uso e consultar o médico.

5. Não use o medicamento com o prazo de validade vencido. Qualquer dúvida entre em contato conosco.

6. Manter em temperatura ambiente (15 a 30ºC). Proteger da luz, do calor e da umidade. Nestas condições, o produto se manterá próprio para o consumo, respeitando o prazo de validade indicado na embalagem.

7. Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

8. Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica.

9. Siga corretamente o modo de usar. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação médica.

10. O uso do medicamento durante o período de amamentação também não é recomendado.

11. "SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO".

VALIDADE: 12 meses após a data de fabricação.

REFERÊNCIAS

CAVALCANTI, Luiz Carlos. Incompatibilidades Farmacotécnicas na Farmácia Magistral: causa, recomendação e uso terapêutico. Pharmabooks: São Paulo, 2006. Martindale: The Complete Drug Reference. 35. Ed. PhP: Londres, 2007.

MOURA, José Gilberto. Nutrientes e Terapêutica: como usá-los, quando usálos, como avaliar suas carências, radicais livres na saúde. Visão Artes: Rio Grande do Sul, 2006

http://www.lepuge.com.br/Arquivos/Produto/VITAMINA%20D3_Nova%20Literatura.pdf

Dores SMC, Paiva SAR, Campana AO: Vitamina K: metabolismo e nutrição, Rev Nutr. 2001; 14:207-18.

Dutra-de-Oliveira JE, Marchini JS: Ciências nutricionais. São Paulo, Sarvier, 1998.

Klack K, Carvalho JF. Vitamina K: Metabolismo, fontes e interação com o anticoagulante Varfarina. Rev Bras Reumatol, 2006; 46(6): 398-406.

Shearer MJ: Vitamin K. The lancet, 1995; 345:229-34.

Tondato F. Interação de fármacos e alimentos com warfarina. Rev Soc Cardiol, 2004; 5: 770-8.

https://www.iberoquimica.com.br/Arquivos/Insumo/arquivo-162100.pdf

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características


Produtos Visitados

CNPJ: 00.934.025/0001-62

Endereço: Rua Doutor Felipe Vita, 1228 - Centro - Itaporanga - SP

Telefone: (15) 3565-1365

Farmacêutico Técnico Responsável: Igor Vinicius Furtado - CRFSP 93065

Autorização de Funcionamento de Empresa(AFE) - 7.14.08

Licença Sanitária - 352280201-477-000025-1-8

^
subir